A história da música popular paraense se confunde com os 40 anos de trajetória de Pedrinho Cavalléro. Artista de inúmeros gigs pelos bares da cidade, o cantor e violonista participou de festivais por todo o Brasil e foi premiado até mesmo em Paris. Dono de uma expressiva carreira autoral, Cavalléro apresenta ao público seu mais novo disco, “Minha aldeia é do tamanho do meu coração”, nessa quinta-feira (25), às 21h, na Cervejaria Oficial Umarizal, em Belém.

Pedrinho Cavalléro iniciou sua carreira profissional em 1979, compondo e realizando direção musical para o Grupo Experiência, na peça “Os Perigos da Bondade”. Pedrinho participou de festivais por todo o Brasil, sendo premiado, inclusive, na esfera internacional, onde conquistou o 2º lugar no Festival da RFI em Paris. Suas músicas já foram gravadas por grandes intérpretes paraenses como Nilson Chaves, Nazaré Pereira e Lucinha Bastos.

O músico volta aos shows presenciais para falar do sentimento mais nobre e urgente de todos. “Depois de toda a tragédia da pandemia e desse momento do Brasil, precisamos de ternura, de amor. E esse disco é isso”, conta. “Depois desse longo tempo de pandemia, eu fui voltando a tocar nos bares. Mas agora com esse trabalho de dimensões maiores, lançamento de disco, realmente é uma expectativa muito grande. O show vai ter músicas novas e também do meu repertório que me acompanha”, diz.

Sétimo da carreira, o álbum traz no título a canção “Minha aldeia é do tamanho do meu coração”, de Pedrinho e Vital Lima. O trabalho traz nove faixas, canções autorais e inéditas, feitas com vários parceiros. O show reúne Sagica (batera), Príamo Brandão (contrabaixo), Gileno Foinquinos (guitarra) e Herivelton Santos (teclado).

Serviço

Pedrinho Cavalléro lança o disco “Minha aldeia é do tamanho do meu coração”, 25 de novembro, às 21h, na Cervejaria Oficial Umarizal, na Rua Antônio Barreto, 1176. Ingressos: 91 99310-8469/ 91 99168-8158.

Fonte: G1
Foto: Divulgação