A Prefeitura de Marituba segue imunizando contra a Covid-19 os munícipes. No decorrer da manhã e tarde deste sábado (26), o município vacina pessoas que fazem parte do público em geral, sem comorbidades, com idade entre 45 e 52 anos, no Instituto de Ensino de Segurança do Pará (IESP).

Segundo a coordenadora da Imunização, Diana Gomes, a procura pelo imunizante tem sido grande nesse final de semana. “Nossa expectativa para este sábado é vacinar cerca de 600 pessoas que fazem parte do público em geral”, destacou.

A coordenadora explicou ainda sobre os cuidados tomados, visando priorizar o distanciamento social e não gerar aglomerações em um dia em que a procura foi grande. “Contamos com o apoio do Iesp para direcionar as pessoas que chegam até aqui. Há uma triagem logo na portaria que verifica se a documentação está completa e em seguida a pessoa é direcionada para uma sala de espera enquanto aguarda pela imunização”, disse.

“Eu estava muito esperançosa por esse momento. Acredito muito na proteção de Deus, Ele que me guardou até aqui. Também acredito que se a ciência existe é para o benefício da população que precisa. Para mim, esse momento é um marco”, afirmou Eliana Batista, 47 anos. Ela finalizou brincando: “agora vou virar jacaré”.

Moradora do município de Marituba há 40 anos, a técnica de enfermagem Ronilda Correa falou sobre a felicidade de estar finalmente imunizada. “Eu estava aguardando ansiosa a minha faixa etária para a vacinação. Já que não estou trabalhando e não pude me vacinar como prioridade. Me sinto segura agora e já estou na espera da segunda dose”, reforçou.

Neste domingo (27), a Prefeitura realizada uma segunda chamada para a população em geral, sem comorbidades, com idade entre 50 e 59 anos, profissionais da educação e rodoviários que perderam o seu dia de vacinação. Esse público deve comparecer ao Instituto de Ensino de Segurança do Pará (IESP), no horário de 8 às 12 horas e de 14 às 17:00 horas, com os seguintes documentos: RG, CPF, cartão SUS e comprovante de residência.

Rodoviários e profissionais da educação devem levar ainda o último contracheque e declaração de vínculo empregatício.

 

 

Fonte: Comus PMM
Foto: Wenderson Santos