Um helicóptero com cerca de 430 kg de cocaína foi apreendido na sexta-feira (20) na área rural de Corumbataí do Sul, no centro-oeste do Paraná, de acordo com a Polícia Federal (PF).

Três homens, entre eles o piloto da aeronave, foram presos em flagrante, segundo a polícia. Eles vão responder por tráfico internacional de drogas e organização criminosa. A suspeita é de que a droga tenha como origem países da América do Sul, como Paraguai e Bolívia.

Conforme a PF, denúncias anônimas indicavam que na região onde ocorreu a apreensão estavam sendo abastecidos helicópteros usados no transporte de mercadorias ilícitas.

Na manhã de sexta, policiais civis abordaram dois homens que estavam em um veículo no pátio de um hotel de Campo Mourão, na mesma região.

Com eles, foram encontrados documentos de um helicóptero, 300 litros de combustível para aeronaves, além de aparato para o abastecimento.

Segundo a PF, com apoio aéreo da Polícia Civil e da Polícia Militar foi possível encontrar a aeronave – que tinha o mesmo prefixo dos documentos encontrados com os homens – carregada com a droga.

Após isso, os policiais foram em busca do piloto da aeronave. Ele foi preso no distrito de Bourbônia, em Barbosa Ferraz, também no centro-oeste do Paraná.

A PF informou que ele, que estava com a chave do helicóptero, esperava os comparsas no local.

Ainda de acordo com a polícia, essa foi a maior apreensão de cocaína feita pela Delegacia da PF de Maringá, no norte do Paraná, que abrange a região de Campo Mourão.

 

Fonte: UOL
Foto: Divulgação/PF