Um grupo de moradores de Marituba protestaram, na manhã desta quarta-feira (18), contra supostas fraudes nas eleições municipais. De acordo com os manifestantes, alguns votos do pleito realizado no domingo (15), não teriam sido contabilizados. O protesto reuniu centenas na BR-316.

O protesto iniciou por volta de 8h30. Os manifestantes foram até a 78ª zona eleitoral em ato. Um dos grupos foi recebido pelo Ministério Público de Marituba.

Com o ato, um longo congestionamento se formou nos dois sentidos da via, com média de velocidade de 23km/h.

Em nota, o Tribunal Regional Eleitoral do Pará esclareceu que o processo eleitoral é totalmente transparente, auditável e disse que “não há como alterar os dados inseridos nas urnas eletrônicas pelos eleitores”. O TRE-PA disse ainda que a apuração no Pará foi uma das mais rápidas do país, considerando a dificuldade logística do estado.

Confira a nota completa do TRE Pará

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará esclarece que o processo eleitoral é totalmente transparente, auditável e não há como alterar os dados inseridos nas urnas eletrônicas pelos eleitores. Para conferir a lisura do processo, basta comparar a soma dos resultados dos boletins de urna, impressos na frente dos fiscais de partidos, ainda na seção eleitoral, com os dados disponibilizados pelo sistema da Justiça Eleitoral.

Como funciona: Ao abrir as eleições, todas as seções eleitorais imprimem a chamada zerésima, mostrando que nenhum dado foi inserido nas urnas. Ao final da votação, todas as seções eleitorais imprimem o chamado Boletim de Urna (BU); esse relatório contém os votos inseridos em cada urna eletrônica, e é um documento público. Uma cópia dele é afixada na seção e outra é entregue aos fiscais de partido que solicitarem. Depois da eleição, a Justiça Eleitoral publica todos os boletins na internet para que qualquer um possa conferir o seu conteúdo. Os dados estão sendo processados pelo setor de estatística do Tribunal Superior Eleitoral, responsável pela totalização dos votos.

Caso o candidato tenha alguma dúvida sobre o boletim publicado na internet, basta consultar o boletim impresso que o fiscal do seu partido recebeu em todas as seções eleitorais, eliminando qualquer dúvida quanto à lisura dos resultados.

O TRE Pará reitera que, conforme destacado pelo ministro Luis Roberto Barroso nas coletivas que concedeu, as eleições transcorreram dentro da normalidade, mesmo com o congestionamento de dados ocorrido no último domingo, não comprometendo, em nenhum momento, a totalização dos votos.

 

 

Fonte: G1PA
Foto: Reprodução