Moradores de de Marituba fizeram um protesto, no final da tarde desta terça-feira (13), para reivindicar a transferência de uma paciente que estava internada em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município para o Hospital da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará. Para pressionar a Prefeitura a fazer a remoção, eles queimaram pneus e interromperam o fluxo de veículos em uma das pistas na BR-316.

Contatada pela Redação Integrada de O Liberal, a Prefeitura de Marituba informou que a paciente em questão deu entrada na Unidade Eládio Soares no dia 12 de outubro com diagnóstico de Púrpura Trombocitopenica. Ela foi submetida à avaliação e, por conta de seu quadro clínico de rebaixamento de nível de consciência, precisou ser intubada.

A paciente foi cadastrada na central de leitos para UTI no mesmo dia em que deu entrada e somente às 17h30 desta terça-feira foi liberado o leito de UTI e solicitada a transferência por uma unidade avançada do SAMU.

 

 

Fonte: O Liberal
Foto: Reprodução