O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), durante um passeio por diferentes pontos de Brasília, apertou a mão de uma mulher idosa e de um homem poucos instantes após ter esfregado o próprio nariz com a mesma mão com que fez os cumprimentos.

O coronavírus pode ser transmitido pelo contato com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse e catarro.

A cena foi presenciada por jornalistas e apoiadores do presidente, que acompanharam o passeio do presidente. O presidente foi criticado nas redes sociais pela atitude.

Bolsonaro tem desrespeitado a recomendação de isolamento social como forma de reduzir a velocidade de transmissão do novo coronavírus.

Recentemente, o Ministério da Saúde também passou a incentivar que as pessoas saiam à rua usando máscaras. A medida serve para evitar que pessoas sem sintomas transmitam o vírus.

Hoje, Bolsonaro deixou o Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente, pouco depois das 9h.

Acompanhado por uma comitiva de seguranças, ele foi primeiro ao HFA (Hospital das Forças Armadas), depois parou em uma farmácia, onde tirou fotos com apoiadores e, por fim, visitou o filho Renan, em um prédio na região do Sudoeste.

Foi nessa última parada que Bolsonaro esfregou o nariz com a mão direita e em seguida apertou a mão de uma idosa e de um outro apoiador.

A cena foi registrada pela TV Globo.

 

Fonte: UOL
Foto: Reprodução/Twitter/@patriotas